Caique & IsabellaO Casamento

Nossa história começou dia 29 de setembro de 2013, fomos apresentados de longe por uma amiga em comum.

Na semana seguinte ela foi na igreja e nos falamos pela primeira vez, no dia 05 de outubro de 2013.

Fomos conversando e papo vem papo vai a convidei para sair. Dia 25 de outubro saímos pela primeira vez, foi incrível quando saímos, aquela sensação de frio na barriga, os olhares, a timidez, sensação do coração saindo pela boca.

Foi natural, começamos a namorar, frequentar a casa um do outro e virar família, tudo se caminhava.

No início de 2018, já tínhamos 4 anos e 4 meses juntos quando ele quis ir encarar um tempo fora do país, nos EUA, ele queria que fossemos juntos, ele trabalha desde que começamos a namorar, com 15 anos! Infelizmente terminarmos, afinal ele não queria ficar e eu não queria ir! Ficamos 5 meses sem nos falar e estávamos seguindo nossas vidas, até que.. sabe, melhor eu deixar ele continuar.

Caique:
Fui para os EUA pessoal, foi incrível, mas não fazia sentido essa vida pra mim!

Isabella:
Então, ele se declarou, acreditam?
Me deixou e foi pros EUA, depois disse que me amava e queria ficar comigo!

Ficamos mais um mês sem nos falar, até que eu mandei um “oi” pra ele, estava com saudade, confesso. Começamos a conversar, foram dias de conversa até que um dia ele me ligou

Então ele disse: "mas não quero te namorar." Eu fiquei tipo: "oi?" Então ele disse: “ eu quero me casar contigo, se você aceitar eu largo tudo que eu tenho e compro minha passagem hoje ainda” Eu comecei a rir, claro que eu não acreditei. E ele disse: quer casar comigo, Isabella? Então eu disse: não aceito ser pedida em casamento por telefone... Então ele comprou a passagem sem me contar. Dia 23 de novembro de 2018.

Caique: Eu simplesmente ignorei tudo que eu tinha, estávamos as 23h no telefone, comprei minha passagem pelo app na madrugada do dia seguinte e tive 5 dias para largar tudo.

Eu voltei eu a pedi em casamento.

Hoje estamos aqui, concretizando nossa história, depois de todo esse drama que vivemos.

Hoje, depois de 7 anos de história, sabemos que nos amamos demais e ainda nos amaremos, até que a morte nos separe.

Caique & Isabella